Novo Ensino Médio - Novo Ensino Médio

Durante as aulas, quantas vezes o estudante do Ensino Médio para e pensa “Por que eu tenho que aprender este conteúdo?” ou “Como eu vou usar esse conteúdo no meu futuro?”.

E é aí que entra o Novo Ensino Médio! Nele o estudo fica mais interligado ao aluno, atendendo aos anseios do jovem conectado, tecnológico e cada vez mais no comando da própria aprendizagem.

No Novo Ensino Médio, o estudante tem acesso aos Itinerários Formativos, que o deixam construir e escolher a própria jornada de estudo, levando em conta suas habilidades e aspirações.

O Novo Ensino Médio vai ser implantado gradualmente, de acordo com o cronograma abaixo:

As habilidades e competências estabelecidas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) serão trabalhadas com os alunos em sala de aula através da Formação Geral Básica. Essa é a parte em que os alunos terão as disciplinas comuns (como Língua Portuguesa, Matemática, História...). Vale ressaltar que FGB é obrigatória para todos os alunos e na primeira série serão 24 aulas semanais (50 minutos).

São os itinerários formativos que permitem a flexibilização do currículo escolar. Nesta etapa, o estudante poderá escolher quais áreas do conhecimento ele deseja aprofundar, considerando seus planos de vida e aspirações pessoais.

Os itinerários formativos são divididos da seguinte forma:

  • Trilha Comum – todos os alunos devem fazer.
  • Trilha Específica – o aluno poderá escolher, de acordo com sua área de interesse.

Na Trilha Específica, as atividades são Projetos, Laboratórios, Clubes, Observatórios e vários outros, todos divididos entre as cinco áreas do conhecimento:

Trilha Específica de Humanas;

Trilha Específica de Linguagem;

Trilha Específica Saúde e Natureza;

Trilha Específica Exatas;

Trilha Especifica Empreendedorismo e Inovação.

O aluno poderá escolher como uma ampliação de conhecimentos, independente da trilha específica.

Alguns exemplos de Disciplinas Eletivas: